Skip to content

IDE, FAZEI DISCIPULOS

setembro 13, 2008

É HORA DE IR

Cristo deixou um desafio aos seus discípulos: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado.” (Mt. 28.19-20).

Sabemos que esta ordem é para a Igreja, portanto todos os que fazem parte da Igreja devem estar conscientes desta missão.

Tratemos das primeiras palavras do texto a começar do IDE.

IDE

Temos na palavra uma indicação de deslocamento a algum lugar, no caso a todos os lugares onde estiver uma pessoa que possa vir a ser um discípulo. Esta ação deve ser realizada pela Igreja. É importante destacar que quando me refiro a Igreja falo do Corpo Vivo de Cristo o qual nós fazemos parte, e não ao templo onde costumamos nos reunir algumas vezes por semana, nem à denominação a qual pertencemos. Portanto onde se lê Igreja fique-se entendido eu, você e todos os demais que já aceitaram Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

Certa vez ouvi esta frase: “Ao invés de querermos trazer os pecadores as reuniões, devemos levar as reuniões aos pecadores, no lugar onde eles estão”. Ela expressa muito bem a ação que devemos realizar. Ainda que os homens que não têm Jesus Cristo como Senhor não aceitem, a Bíblia declara que os tais necessitam de libertação e restauração de visão, pois estão cativos e cegos (Lc. 4:18).

Aonde quer que os pecadores estivessem, ali estava Jesus e seus discípulos pregando a mensagem do Reino de Deus. Logo após a experiência do dia do Pentecostes os discípulos saíram às ruas e aos lugares onde estavam os pecadores e anunciavam-lhes a salvação por meio de Jesus Cristo. Existem muitos lugares no mundo que nos esperam, ainda cabe à Igreja esta tarefa, mesmo que fragilizada por divisões, diferenças, desacordos provocados pela mente humana, existe um poder superior vindo de Deus, que continua e continuará capacitando aqueles que verdadeiramente estão comprometidos em cumprir a missão. Como já dito antes, a tarefa missionária não é para alguns poucos despenseiros, mas é tarefa de toda Igreja. Então vamos a eles, onde quer que estejam!

FAZEI

Recorramos ao dicionário para que tenhamos a noção exata do que é FAZER: “Produzir, criar, construir, edificar, completar, atingir, executar, realizar, ufa!… Será que é SÓ ISSO? Vamos acrescentar mais algumas coisas a esta definição de Fazer: Instruir, formar, doutrinar. Não uma doutrina religiosa, humana, e sim uma doutrina de fé e esperança baseada nas Sagradas Escrituras.

Assim como na palavra anterior temos aqui mais uma ação a ser praticada, que como no IDE, deve ser praticada por toda Igreja. Não deve ficar apenas a cargo de pastores e professores de escola dominical a tarefa de fazer discípulos, pois discípulos geram discípulos, ou seja se já nos consideramos discípulos basta transmitir a outros o que aprendemos ou temos aprendido.

Na Igreja primitiva o crescimento aconteceu naturalmente apartir do momento que entenderam como deveriam viver. “E perseveraram na doutrina dos apóstolos e na comunhão… em cada alma havia temor… todos os que creram estavam juntos, e tinham tudo em comum… vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos… perseveravam unânimes no templo, partiam o pão de casa em casa, e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia os que iam sendo salvos”. At. 2:42-47.

Não se conseguirá fazer um discípulo, se primeiramente não se tornar um discípulo. Se nos colocarmos nas mãos de Deus para sermos transformados e capacitados a cumprir esta missão, certamente os resultados aparecerão na vida da Igreja. Para sabermos se estamos capacitados ou não basta refletirmos nas palavras de Cristo ao declarar que “toda autoridade lhe foi dada no céu e na terra”, se portanto somos seus enviados estamos debaixo desta cobertura, para isto devemos crer e obedecer suas ordens.

Em At. 2:46-47, vemos o relato de que a Igreja se movia de casa em casa e o Senhor honrava esta ação acrescentando salvos, hoje devemos nos mover da mesma maneira.

DISCÍPULOS

Segundo a Palavra de Deus “há mais júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove que não necessitam de arrependimento” (Lc. 15:7), visto isto devemos cumprir rapidamente nossa missão para que este jubilo seja ainda maior. A formação de um discípulo começa através do seu arrependimento e de sua confissão de fé.

As bases para a formação de um discípulo são as seguintes:

1. Levá-lo a ter certeza absoluta de sua salvação.

2. Fazê-lo sentir o amor de Deus, seu perdão e como ser sem culpa diante Dele.

3. Mostrá-lo que deve ser dirigido pelo Espírito Santo, andar Nele.

4. Doutriná-lo na Palavra de Deus, lendo-a regularmente, buscando aplicá-la á sua vida.

5. Conscientizá-lo a ter uma vida consistente e regular de oração.

6. Fazê-lo reconhecer que tudo vem de Deus e por isto gostar de ofertar à Igreja e aos irmãos cristãos.

7. Instruí-lo ao crescimento em sua vida espiritual e também de sua família.

8. Levá-lo a ter relacionamentos sólidos e sinceros dentro do Corpo de Cristo.

9. Incentivá-lo a descobrir seu dom espiritual e desenvolvê-lo.

10. Ensiná-lo a compartilhar o Evangelho, todas as vezes que tem oportunidade e porque não, a criar estas oportunidades.

Lembro que para se formar um discípulo, deve-se primeiro ser um discípulo.

Podemos e devemos ainda ensinar algumas atividades que podem ser exercidas por discípulos:

1. Ajuda os necessitados.

2. Visitas de edificação espiritual.

3. Manutenção da Casa de Deus.

4. Apoio ao ministério da Igreja.

5. Evangelismo pessoal e discipulado.

6. Hospitalidade em sua casa.

7. Posiciona-se como coluna e esteio da Igreja.

Todo membro da Igreja é um discípulo do Senhor Jesus, e é convocado a trabalhar dentro desse contexto.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Elizeu torres permalink
    dezembro 6, 2009 12:09 pm

    gostei muito dessa mensagem,obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: